Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/palmeida/radiacaodefundo/wp-content/themes/primepress/index.php:2) in /home/palmeida/radiacaodefundo/wp-content/themes/primepress/index.php on line 2
Radiação de Fundo
Radiação de Fundo Rotating Header Image

Incidente peculiar

Hoje eu constatei que os tempos mudaram. Mudaram mesmo. Me vi numa sala, numa reunião hoje a tarde, com uma representante de uma empresa de consultoria em tecnologias renováveis, espanhola. Vieram pro Brasil pra implantar uma representação de sua empresa aqui. Foram à universidade pra buscar parceria, sobre geração eólica e fotovoltaica.

Vi-me naquela situação ali, achei peculiar. Uma empresa espanhola vindo à universidade brasileira com o interesse de parcerias pra implantar tecnologia de ponta no país. Interessante.

A verdade é que a Europa afundou na crise, os estoques de tecnologia em energias renováveis empilharam um atrás do outro. Não é de certa forma cômico? Bola de neve lá.

Quem diria que eu um dia iria presenciar a Europa sair de lá pra vim pedir ajuda tecnológica ao Brasil. A mulher falava num nível de respeito com a gente, de igual pra igual.

Ela não estava falando com pessoas interessadas em importar a tecnologia deles pura e simplesmente, por interesse privado. Ela estava falando com pessoas que eram interessantes para eles, os espanhóis, de adquirir parceria.

Mudou a moeda. Foi uma cena muito peculiar. E feliz.

Para entender a Teoria do Big Bang

Vídeo muito bom do ddimensoes.


YouTube

Humanismo Secular who?

Humanismo Secular:

“Porque existe uma larga diferença entre as pessoas que se juntam e passam a pensar da mesma forma, e aquelas que, por pensarem de forma similar, se unem.”

(Pedro Almeida)

* leia também “dogma-antidogma“.

Lego e a doação de órgãos

Fonte: xkcd

 

Experimento: fazer sabão em casa

Autor: Pedro Almeida

Já há algum tempo que eu estou querendo postar um experimento legal para se fazer em casa. Resolvi juntar essa ideia com uma oportunidade de ajudar o planeta, de certa forma.

O experimento de hoje é fazer sabão em casa a partir de óleo de cozinha usado, usando químicos prontamente disponíveis. Desta forma, reaproveitamos um dejeto com alto poder contaminante para as águas.

Vamos lá.

Motivação

O óleo de cozinha usado é um dejeto caseiro que todos produzimos diariamente, em quantidades muitas vezes gigantes. O despejo do óleo no encanamento pode causar alguns problemas: primeiro, o óleo polui a água, pois não é miscível (i.e., não se mistura). Um litro de óleo contamina até 1 milhão de litros de água. Desta forma, ele atrapalha o tratamento da água nas estações de esgoto e de tratamento de água, além de interferir com a oxigenação da água em rios, prejudicando ecossistemas. Outro problema é o possível acúmulo de gorduras no encanamento, gerando obstruções e entupimentos.

O aproveitamento do óleo usado pode ser na produção de biodiesel (já que o óleo usado é naturalmente depletado de umidade, o que o torna mais adequado ainda para o processamento como combustível) e na produção de detergentes e sabão. Existem diversas plantas de reciclagem de óleo destinadas a estes fins de produção.

Mais >>

99 Fatos Interessantes da Ciência – pt 3

Fonte (adaptado): http://www.jabulela.com/science-tech/99-interesting-science-facts

(parte 1 aqui e parte 2 aqui)

67. A cada hora, o universo expande um bilhão de milhas em todas as direções.

68. Em algum lugar entre o ruído e chuvisco das TVs fora de sintonia, há a RADIAÇÃO DE FUNDO do Big Bang.

69. A temperatura na Antártida pode despencar até -35 gruas Celsius.

70. Detritos espaciais viajam a até 30 mil km/h.

71. A Estação Espacial Internacional pesa cerca de 500 toneladas e é do tamanho de um campo de futebol.

72. Astronautas trouxeram cerca de 360 kg de rochas lunares para a Terra. A maior parte não foi analisada.

73. Tuberculose é a doença que mais mata mulheres.

74. Beija-flores consomem metade de seu peso em comida todo dia.

75. Algumas espécies de bambu crescem a uma taxa de 1 m por dia.

76. Saturno boiaria na água, se você pudesse achar um oceano grande o suficiente.

Mais >>

Deus é a gravidade

Autores: Pedro Almeida e Francisco Boni

Deus fazendo as coisas acontecerem.

“Não é necessário conhecer a lei da gravidade pra saber que as coisas caem – da mesma forma, eu sei que Deus existe”.

“Deus é como o ar – você não o vê, mas pode senti-lo”.

Costumo dizer que se você tenta demonstrar alguma coisa por meio de uma analogia, é porque você não sabe do que está falando e está, muito provavelmente, errado sobre este assunto.

Uma analogia não prova nada – não é a função de uma analogia demonstrar como uma linha de pensamento leva a uma conclusão lógica. Lança-se mão de uma analogia quando se quer explicar um fenômeno já demonstrado ao traçar um paralelo mais inteligível.

Se assim fosse, a seguinte analogia seria uma demonstração da inexistência de Deus:

“Deus é como Papai Noel – nos ensinam desde pequeno que ele existe, mas ninguém nunca viu e todos descobrem depois que ele na verdade não existe”

O absurdo deste tipo de argumentação fica mais fácil de ver quando se invertem os papéis.

Por mais que as analogias acima sejam comoventes, existem diferenças básicas entre Deus e a gravidade, ou o ar.

Mais >>

A realidade da engenharia